www.pauloalceu.com.br
Paulo Alceu, coluna atualizada diariamente.
página inicial   newsletter   contato   biografia   publicidade
canais



pesquise







Coluna do dia
25-04-2015

É mais do que gratificante ver o empenho e a dedicação das pessoas tentando de alguma forma ajudar compartilhando dores e dramas. A solidariedade está na grandeza de cada um. É fato que nós seres humanos produzimos sentimentos muito paradoxais enveredando por caminhos antagônicos. Mas em situações como as que atingiram o Oeste do Estado estamos presenciando, isso sim, de forma espontânea o ato de caridade fazendo o bem às pessoas em razão de suas necessidades, sem conhecê-las, nem mesmo saber onde irá a sua doação. O importante é colaborar, se sentindo útil. Claro que não vai resolver o problema no todo, mas cada pequeno ato ameniza um quadro que poderia ser bem mais desolador e dolorido. As atividades solidárias fazem parte da cultura brasileira rompendo carências e distribuindo esperança. De repente a natureza arrasadora e sem perdão despertou, mais uma vez, o espírito de união de um povo que tem sido exemplar nesses momentos de dos e desabrigo. Até porque ninguém é obrigado a ser solidário. Somos porque queremos. E de todos os cantos do país e de Santa Catarina vem a certeza que ser solidário é dar alegria e felicidade nas horas difíceis.

25-04-2015

De uns dias para cá o governador Colombo intensificou suas visitas a obras pelo Estado. Desta vez foi a Joinville ver de perto o investimento de R$ 16 milhões no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt. Com ele os senadores Luiz Henrique e Dário Berger e o secretário Kleinubing. As obras de reforma e de ampliação ainda estão distantes da realidade exposta no material virtual que foi apresentado durante a campanha eleitoral. Falta ainda para a conclusão...

25-04-2015

Não convidem para a mesma mesa a deputada Dirce Heiderscheidt e o prefeito de Palhoça Camilo Martins, que não perde a oportunidade de cobrar da parlamentar do PMDB os recursos que prometeu para o município e que até agora ficaram só promessa.

25-04-2015

Entre progressistas de Florianópolis há uma forte reação contra a manutenção da aliança com César Júnior em 2016. Há quem garanta que mais de 90% são contrários. Os restantes têm cargos...

25-04-2015

Na segunda-feira a Coordenadoria de Negociação e Relações Funcionais do Governo do Estado estará reunida com representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação. A tentativa será suspender a paralisação e normalizar as atividades escolares, que por sinal já comprometeram o calendário curricular exigindo aulas extras. Caso a greve acabe serão retomadas as negociações sobre a nova carreira do magistério catarinense com o Sinte.

25-04-2015

Pelo menos a Secretaria de Educação vem informando que mantém uma mesa de negociações visando aprimorar o plano de carreira com o magistério. Esta semana reuniu gerentes de Regionais para tabular sugestões e proposta de mudança. O reenquadramento, aula excedente e concurso para quadro efetivo polarizaram os debates. Concluídos os estudos do impacto financeiro, será apresentada a nova proposta a categoria.

25-04-2015

A meta das lideranças do PMDB é até outubro visitar os 295 municípios catarinenses. Em Araquari esta semana os deputados Antonio Aguiar, Valdir Cobalchini e Carlos Chiodini homenagearam um filiado com mais de 25 anos de partido. Nessa peregrinação o discurso é pela unidade fortalecendo as bases para 2016.

25-04-2015

A Unimed enviou correspondência ao Hospital Baia Sul comunicando o desinteresse em credenciar a unidade alegando que não havia necessidade. E estipulou 120 dias para o encerramento da parceria. No mesmo dia que dispensou o complexo hospitalar de Florianópolis uma funcionária da própria Unimed, grávida de nove meses, apresentou problemas de saúde necessitando de UTI. Como não havia leitos na região a solução foi recorrer ao Baia Sul, que está em processo de descredenciamento. A funcionária foi atendida e no dia seguinte deu a luz. Ironia do destino...

25-04-2015

Em defesa da Cohab, contestado nota da coluna, o presidente Ronério Heiderscheidt destacou os resultados positivos da Companhia no decorrer de 2014 e evidenciou que está buscando no Ministério das Cidades recursos no valor de R$ 50 milhões para uma nova edição do programa Reforma Cidadã. Sobre o balanço, que revelou um prejuízo de mais de R$ 30 milhões, Heiderscheidt , sublinhou o que considerou “fato histórico” a Cohab no ano passado arcar com 68,98% dos custos da folha de pagamento diferente de empresas que contam com o apoio do Estado. A nota cobrava o peso da folha no contexto do prejuízo exposto no balanço...

25-04-2015

Da tribuna da Câmara o vereador Pedrão pediu para que o PP abandone a administração de Florianópolis evidenciando que o partido tem que se posicionar a partir de agora...

25-04-2015

Na semana que passou o RICNotícias apresentou uma série de reportagens conduzidas pelo repórter Rodrigo Cardozo mostrando a importância que passou a ter esse tema e sua evolução no Congresso. Ficou claro sua urgência e aplicação que promovem mudanças significativas rompendo os vícios e desvios hoje inseridos no universo contaminado da política. Mas embora a reforma seja um passo importante acima dela está o voto consciente e cidadão. De nada adiantará a mudança na legislação eleitoral e até mesmo a criação de obstáculos para impedir comportamentos tortos caso não haja respeito com o voto. A forma ideal deve ser feita com consciência política depois de uma análise das propostas do candidato e de sua história pessoal e partidária. A reforma é mais do que bem-vinda, mas continua na nossa decisão solitária e decreta o futuro promissor do país.

A vida segue
Será que os peemedebistas e pedetistas que hoje circulam na administração Cesar Júnior estarão com ele no projeto de reeleição?
25-04-2015


imprimir coluna do dia     indicar coluna do dia


Nota do leitor
Desempregados da atual crise!
09-03-2015

Boa tarde Paulo!
Esta crise econômica que iniciou no País certamente irá produzir muitos desempregos. Sou profissional liberal e, com a estabilidade da moeda, há cerca de uma década contratei a Maria como doméstica, pagando a ela o piso regional, recolhimento de INSS e FGTS, tudo conforme a lei.
O aumento do combustível e da energia me fez tomar a difícil decisão, qual seja, a de demitir Maria, uma eleitora fervorosa de Lula e de Dilma.
Nunca votei no PT, mas fico pensando nos tantos brasileiros que, como Maria, se iludiram com o discurso de ética, honestidade e de gestão competente que o marketing petista disseminou durante anos nas mentes e corações deste povo sofrido.
A "marolinha" vai vira um "tsunami" até o final deste ano 2015 e muitos perderão o emprego, principalmente aqueles que votaram na quadrilha flagrada pela Lava Jato.
Em tempo, parabéns à Polícia Federal, ao MPF e ao Judiciário Federal, em especial ao Juiz Sérgio Moro.


Fabiano Correia / Florianópolis

Ataques
09-03-2015

Sobre tua transcrição no ND de hoje (5/março) a respeito de manifestação de certo professor que te atacou, é de bom alvitre que ele deveria saber que no século XVIII certo filósofo francês de nome François Marie Arouet, mais conhecido como Voltaire, já dizia: "A ofensa é o argumento daqueles que não tem razão."
Um abraço do leitor

César Murilo Jacques Florianópolis.

Auxilio moradia
09-03-2015

Boa noite, prezado Jornalista, Paulo Alceu, venho por este parabenizá-lo do comentário desta noite , sobre a soma de deputados estaduais, que estão deixando de usar o auxílio-moradia.Uma vez que, o auxílio -moradia há muito deixou de lado, a verdadeira intenção para o qual foi criado. Espero que os dignos deputados da composição da Assembléia Legislativa de Santa Catarina , deem o exemplo para o resto do País, fazer o mesmo.E, que os recursos estes,não usados para este determinado fim, que não caiam em Fundo Perdido e sim, que sejam utilizados para a manutenção de escolas/clínicas e hospitais/delegacias de polícia. enfim que a utilidade dessa verba, tenha um melhor destino, do que , simplesmente , servir de alimento para a malandragem que gosta , de mamá deitado.Fique com Deus.

Marli Albuquerque Florianópolis

Professor , sim
09-03-2015

LAMENTAVEL NÃO FOI A FORMA COMO IMPEDIMOS QUE A COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA ADMITISSE A MEDIDA PROVISÓRIA 198/15. LAMENTAVEL É A FORMA COMO O GOVERNO TRATA SEUS SERVIDORES, LAMENTAVEL É COMO O GOVERNO, ME ASSALTA A MÃO ARMADA A MUITOS ANOS, LAMENTAVEL É VOCÊ OLHAR PARA SEU FILHO E DIZER QUE NÃO PODERÁ FAZER UM CURSO SUPERIOR PORQUE NÃO TEM COMO PAGAR A MENSALIDADE, LAMENTAVEL É VER A UNIVERSIDADE PUBLICA SER SOMENTE PARA OS RICOS, LAMENTAVEL E SER TRATADO COMO LIXO, LAMENTAVEL É VER A IMPRENSA VERMELHA EM TROCA DE VERBAS DE PROPAGANDA DEFENDER ESSES CORRUPTOS PERPETUOS DE SANTA CATARINA. LAMENTAVEL É NÃO VER A IMPRENSA FALAR DA OPERAÇÃO MOEDA VERDE, LAMENTAVEL É NÃO MAIS SE OUVIR FALAR SOBRE OS r$ 51.000.000,00 DESVIADOS DA CELESC SEM EXPLICAÇÃO DO VICE-GOVERNADOR. LAMENTAVEL É VER UMA CRICIUMA SITIADA POR BANDIDOS E A POLICIA BATENDO EM PROFESSORES. LAMENTAVEL É NÃO TER EM QUEM CONFIAR, ENFIM LAMENTAVEL É ALEM DE GANHAR POUCO AINDA É SER ROUBADO ATÉ NO DE PROTESTAR, E QUANDO FAZ ISTO A IMPRENSA NOS TRATA COMO BANDIDOS. COMO HOJE SOU TRATADO COMO BANDIDO, ME SINTO UM PRESIDENTE, UM GOVERNADOR ,UM SENADOR, UM DEPUTADO ETC. ETC. ETC.


MARCELO SPECK DA ROSA / criciuma

Tiro no pé
09-03-2015

Caro Paulo: Nada inteligente a atitude dos professores que estiveram na Assembléia para pressionar a retirada da Medida Provisória sobre a carreira do Magisterio. Sou professor ha 18 anos e nunca tivemos um dialogo tao aberto com a SED como agora. Todos os anos o Secretário de Educação passa em todas as regiões para ouvir, dialogar e buscar sugestões. Não muito tempo atras, tivemos um Secretario de Educação que ficou três anos sem receber o SINTE, isso sim é ditadura não agora. De modo que o dialogo e a negociação me parecem que encurtam o caminho para uma solução que todos almejamos e o que os professores fizeram na Comissão de Constituição foi mais um tiro no pé.


jandir fransozi / Santiago do Sul

Obfras do governo
09-03-2015

Gostaria de saber de você Paulo alcel merize. Porque quando fala da 403 dos ingleses. Agora q ta abandona não fala. O nome da construtora. Sera q era a pedido do Raimundo? Q antes se falava. Estamos cansados aqui nos ingleses de ver q vocês só falam o q o governo quer .CPI aqui e na ponte você não apóia. E dai ?

João Carlos gomes / florianopolis

Caos
09-03-2015

Tivemos a oportunidade acompanhar de perto o movimento reivindicatório justo da categoria.A insensibilidade governamental em ambas as esferas não atendendo pedidos de redução do preço do diesel e do ICMS não é a maior revolta da categoria mas sim a falta de respostas e respeito a pauta de reivindicações. Caminhamos para o caos.


Juarez Colpani / Chapeco


Nome: *


E-mail: *


Cidade: *
Fone: * ex: 00-0000-0000


Título: *


Mensagem: *





ir ao topo           voltar a página anterior
reportagem


Desativado

Enquanto estiver sendo efetuado o serviço de atualização do site este espaço será interrompido, voltando em breve. Obrigado
(leia mais)

artigos


Desativado
Enquanto estiver sendo efetuado o serviço de atualização do site este espaço será interrompido, voltando em breve. Obrigado
(leia mais)



Todos os direitos reservados - Paulo Alceu - www.pauloalceu.com.br
Criação e desenvolvimento: lagaporcilla